A graça da Fatalidade

Luiz Marcos da Silva Filho

Resumo


Poema filosófico em forma de decassílabos heróicos rimados (no exórdio e no epílogo) e não rimados (nas demais seções), com narração e problematização da subjetivação em diálogo primordialmente com a filosofia contemporânea e a psicanálise.

Texto completo:

PDF

Referências


Quase não há citações diretas, mas sobretudo citações indiretas, entre as quais:

AUGUSTINUS. De civitate dei (Libri XI-XXII). Corpus Christianorum Series Latina XLVIII. Turnhout: Brepols, 1955

DELEUZE, G. Lógica do sentido. São Paulo: Perspectiva, 2006.

__________. “Para dar um fim ao juízo”. In: DELEUZE, G. Crítica e clínica. Trad. Peter Pál Pelbart. São Paulo: Ed. 34, 1997.

LACAN, J. “Do gozo”. In: LACAN, J. Seminário, livro 20: mais, ainda (1972-1973). Versão brasileira de M. D. Magno. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

LEBRUN, G. “O transcendental e sua imagem”. In: LEBRUN, G. A filosofia e sua história: Gérard Lebrun. Organização: Moura, C. A. R.; Cacciola, M. L. M. O.; Kawano, M. São Paulo: Cosac Naify, 2006, 543-566.

_________. "Quem era Dioniso?". In: LEBRUN, G. A filosofia e sua história: Gérard Lebrun. Organização: Moura, C. A. R.; Cacciola, M. L. M. O.; Kawano, M. São Paulo: Cosac Naify, 2006, p. 355-378.

NIETZSCHE, F. Humano, demasiado humano: um livro para espíritos livres. Trad. Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

___________. Genealogia da moral: uma polêmica. Trad. Paulo César de Sousa. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

VIRGÍLIO. Eneida brasileira: tradução poética da epopeia de Públio Virgílio Maro. Org. Paulo Sérgio de Vasconcellos et al.; tradução Manuel Odorico Mendes. Campinas: Editora da Unicamp, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.