Lendo Marx: o outro que me falta

Natália Acurcio Cardoso

Resumo


Neste artigo, proponho uma leitura de alguns trechos dos Manuscritos Econômico-Filosóficos e da obra Ideologia Alemã, com o objetivo de explicitar uma necessidade de mudança do ponto de vista da filosofia indicada por Marx. O autor faz uma espécie de chamado para o campo efetivo, pois é ali que podemos entender as reais dinâmicas dos nossos meios de vida, e isso gera uma reconfiguração da relação entre teoria e prática na sua filosofia. Serão abordados alguns pontos centrais dessas obras, como os conceitos de alienação, de história, de vida de gênero e a superação positiva da propriedade privada, assim como serão estabelecidas algumas relações com a filosofia hegeliana, já que Marx se refere explicitamente e implicitamente a esse autor nas duas obras.





Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.